Divulgue seu trabalho – Prí Galvão – Cantora
agosto 25, 2016
Pombagira – o orgulho do “pecado” de ser mulher
agosto 31, 2016
Ver tudo

Sou atriz palhaça, tenho um projeto de apresentações nas ruas em cidades do Brasil, preferência cidades de baixa renda e onde ninguém ainda viu teatro.

ximbica

Perfil  de Ximbica Lu Sandra da Silva

Ximbica nasceu no país da Risolândia, numa linda tarde de sol, filha de Zeus e de Afrodite. Ou não… Talvez de  um bufão com a rainha. È Ximbica para as crianças, Lu Sandra para os adultos e Da Silva para os idosos. Sua única missão: levar alegria e amor às pessoas.

Idade: Que feio perguntar a idade a uma palhaça.
Cidade: Mundo sem fim dos palhaços felizes
País: Qualquer um que precise dela
Cor: vermelho, ou azul, ou rosa, ou verde, ou o arco íris;
Fruta: cereja;
Carro: um conversível vermelho; bancos de couro bege claro ou branco; moto: vespa;
Roupa: estilo anos 60 suas preferidas;
Comida: Milk shake de morango, saladinha;
Música: Elvis Presley, Frank Sinatra,The Harry…
Adora fotografias;
Ama os rapazes  e  milhares de amigas,
Seu verbo é :”amar”,
Um sonho viajar pelo mundo sem mala;
Vai casar qualquer horas dessas, basta encontrar um noivo;
Adora corrida: deixando claro, de cavalos;
Flor preferida: Amor perfeito;
Perfume preferido: “Chanel número 5″ legítimo;
Doadora e receptora de amor;
Gosta de animais principalmente elefantes e girafas;
Vai a ópera mas também à concertos de rock;
Participa do movimento feminista internacional da galáxia.
Adora uma limpeza, sabe aquela escova de dentes no azulejo?
Filmes: Todos do Elvis Presley, todos dos anos 60, ” com Gigi e Fred Astaire, com Sofia Loren; Marilyn Monroe, e lógico todos que a façam rir.

Marajá do Sena 1

Milagres do Maranhão 5

O projeto agora busca patrocínio, para poder levar os espetáculos para mais 05 estados, abrangendo 50 cidades.

Para mais informações: clique aqui.

Priscilla Leal
Priscilla Leal
Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso convidei mulheres de diversas áreas para escreverem para nós. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *