Divulgue seu trabalho! Processo Criativo do Espetáculo DOMA – Adriana Quintanilha

Colaboradora – Juliana Lacerda
março 9, 2016
Empreendedorismo Cultural – Cinematerna
março 13, 2016
Ver tudo

Divulgue seu trabalho! Processo Criativo do Espetáculo DOMA – Adriana Quintanilha

Quando conversei com a Priscilla e ela me convidou para falar do meu processo criativo, achei que melhor seria falar do trabalho de hoje, que estou desenvolvendo em minha cia, VoadorA Teatro e que tem estreia prevista para junho deste ano.

foto Adriana

Organizar as ideias para que elas se realizem não é trabalho fácil.

Para criar um solo de teatro é preciso se desdobrar em muitas e isso acaba virando trabalho de equipe pois cada função exige uma “pessoa” diferente, atenta ao mesmo objetivo.

Comecei esse processo percebendo o tema do trabalho através da construção do meu espaço de ensaio, que é redondo e sempre o chamei de redondel, lá estava o primeiríssimo tema.

Já havia lido bastante sobre teatro colaborativo e dramaturgismo onde Luís Alberto de Abreu me disse essas duas frases perfeitas sobre processo indutivo: “É através daquilo que o material oferece que a criação se dará. Você vai se relacionando com este material e deixando que o material te conduza”.

Nesse processo colaborativo que aplico em mim mesma, cada uma de minhas “pessoas” (atriz, diretora, dramaturgista e produtora), olha o que foi criado com esses princípios básicos de dramaturgia:

1. Olhar de fora;

untitled1

2. Olhar de dentro;untitled

3.Olhar como.

untitled2

E assim um princípio de roteiro com seus temas é criado em sala de ensaio e vai estruturando o fluxograma do roteiro de ações.

Parece simples, mas depende muito mais do trabalho em sala de ensaio para que as outras etapas se concretizem.

Estrutura montada, agora é a hora da entrada da equipe e as primeiras a se juntarem ao processo foram fotógrafa e a musicista.

Parte essencial da dramaturgia do solo a ambientação sonora é feita ao vivo, criando toda a atmosfera da cena junto com a atriz.

Penso a dramaturgia sonora e a iluminação como um quadro, que deve pulsar mesmo sem o ator em cena e quando ele entra, a explosão acontece.

Os temas explorados no espetáculo são biografia temporária, construção do espaço, redondel, doma e rédeas, costurados por depoimentos pessoais que exploram esses assuntos no cotidiano da mulher e o do ser mulher, buscando a harmonia entre si e seu animal interior.

Estamos em construção, erguendo através da compreensão da linguagem, um equilíbrio entre pressão (ação) e alívio (descanso) que nos levará à estreia do espetáculo em junho deste ano.

Com este trabalho estou aprendendo o que é mexer, pisar, moldar e aquecer o solo e como precisamos ser fortes, ter continuidade e acreditar em nossas ideias para torná-las realidade física.

Fiquem a vontade para me escrever e fazer perguntas sobre a montagem ou mesmo para trocar informações e dar um depoimento.

Vou documentar essa montagem através de publicações toda semana de fotos e vídeos sobre o processo de criação e realização do solo na página da VoadorA Teatro no facebook e será muito bom saber sua experiência pessoal e sua opinião sobre este processo.

Foto: Carolina Cury Fotografia

Sobre o Espetáculo Doma

Espetáculo solo de teatro-dança de 60 minutos com dramaturgia e concepção de Adriana Quintanilha, direção de Marcos Suchara e dramaturgia sonora ao vivo de Paula Duarte.

Vivemos uma biografia temporária antes de passarmos pelos ciclos de morte e renascimento e despertarmos para a consciência. A tomada de consciência acontece no espetáculo Doma através de depoimentos pessoais narrados pela atriz, criados com base no conceito de estampagem, as marcas da experiência, abordados por Joseph Campbell no livro “Máscaras de Deus – mitologia primitiva” e a cronologia das ações nas ferramentas do “horsemanship” , relação entre homem e seu animal usando a observação a favor da ação, vivenciadas em pesquisa de campo feita no “ Projeto Doma”.

Duração: 60 minutos

Recomendação: acima de 12 anos

Ficha Técnica

Idealização do projeto | Adriana Quintanilha

Realização e Coordenação Artística | VoadorA Teatro

Direção e Supervisão Geral | Marcos Suchara

Concepção,Dramaturgia,Texto,Coreografia e Interpretação|Adriana Quintanilha

Dramaturgia Sonora original| Paula Duarte

Concepção de luz e Iluminação | Fernanda Guedella

Fotografia |Carolina Cury

Produção | Guilherme Rebecchi e Adriana Quintanilha

Concepção e operação de luz | Fernanda Guedella

Produção de formação de público | CulturaOn

Filosofia do horsemanship pesquisada | Projeto Doma

Adriana Quintanilha – Atriz, Diretora e Dramaturga da Cia. VoadorA Teatro

Site: www.voadora.com
Facebook: www.facebook.com/voadorateatro
Instagram: @dri_quintanilha

Priscilla Leal
Priscilla Leal
Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso convidei mulheres de diversas áreas para escreverem para nós. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *