Nah Pinheiro – Ilustradora e Designer
dezembro 10, 2016
Restrospectiva Las Abuelitas
dezembro 11, 2016
Ver tudo

Monica Ramos – Contadora de Histórias

Florescendo Histórias – Desabrochando flores e tecendo diálogos é um projeto pensado pela artista e contadora de histórias Monica Ramos, com o objetivo de elevar a autoestima e conscientizar crianças e mulheres sobre a força feminina. Desde 2003, Monica é engajada e atua em coletivos, nas periferias de São Paulo, que buscam dar vez e voz às mulheres. O projeto nasceu de suas experiências no coletivo, aliadas à estética de sua formação em Moda, e da inspiração de sua primeira filha, Flora.

Mônica Ramos

A ideia é, a partir da história contada, criar relações sobre aspectos próximos ao cotidiano do ouvinte. E com isso, alinhavar essas histórias como uma colcha de retalhos, provocando desde a percepção e reflexão de seu cotidiano e do outro, as encruzilhadas de cada um, até onde a contação da história e o trabalho manual da oficina podem levar, levando o público a navegar por lugares desconhecidos.

A vontade de contar histórias sobre mulheres reais que viveram momentos de superação, para o público infantil (mais especificamente), surgiu do movimento de não encontrar esse tipo de abordagem para crianças em um momento que gostaria de contar algo para sua filha, algo que saísse do senso comum das princesas e magias dos contos de fada. Não se vendo e nem vendo sua filha representada, foi que a ideia surgiu.

Empoderar, discutir o lugar de fala, os padrões estéticos impostos, o silenciamento e outras questões que permeiam o mundo feminino é o mote principal para existir esse trabalho, que na visão da artista é de extrema importância.

Essas atividades já ocuparam vários espaços, como: Fábricas de cultura, Feminicidade (evento feminista que aconteceu esse ano em SP), Mãetinê, Biblioteca Hans Cristian Andersen, Festival da Literatura e do livro de São Miguel convidada pelo SESC-SP.

Mais informações clique aqui

Priscilla Leal
Priscilla Leal
Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso convidei mulheres de diversas áreas para escreverem para nós. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *