CURIOSIDADE: Pôster We Can Do It.

Quer me ajudar a fazer o conteúdo do LAS ABUELITAS?
junho 18, 2015
Entrevista – PRISCILLA TOSCANO – COLETIVO PI
junho 24, 2015
Ver tudo

CURIOSIDADE: Pôster We Can Do It.

Banco de Imagens Pixabay

Banco de Imagens Pixabay

Eu gosto muito dessa imagem. Não só eu, pois ela é amplamente utilizada. Por isso fui atrás do seu significado.

Esse pôster foi criado por J. Howard Miller em 1943 para a fábrica Westinghouse Electric Corporation  & Manufacturing Company, como uma obra-incentivo aos trabalhadores.

Isso  porque, durante a Segunda Guerra Mundial, muitos postos de trabalho foram abandonados pelos homens que partiram para o campo de batalha. Foi necessário então convocar as mulheres para ocupar esses espaços. Assim, antes do pôster ser utilizado para expressar a luta das mulheres, ele teve como objetivo chamá-las para o trabalho nas fábricas.

Quando a guerra terminou, muitas indústrias forçaram as mulheres a abandonarem o trabalho, para empregar os veteranos que voltavam para a casa. A mulher deveria voltar para o lar para cuidar dos filhos e do marido cansado da guerra.

No entanto, muitas não aceitaram esse papel e lutaram pelo seu espaço no mercado de trabalho, quebrando tabus e papéis impostos, requerendo, inclusive, o mesmo salário pago aos homens.

Esse cartaz é também conhecido por “Rosie, The Riveter” (ou Rosie, a Rebitadeira), e está em domínio público.

O Blog “De volta ao retrô” traz uma variedade de imagens que são muito legais! A “Revista Capitolina” traz um texto da Thais Bakker que vale a pena ler.

Fica a dica da semana!

Abraços,

Priscilla Leal

_MG_0162Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua  relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o)  produtor(a) cultural, por isso trago no blog informações jurídicas, que estão  envolvidas na atividade artística, além de informações de produção e gestão cultural.  Idealizei e  executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *