Artistas que você TEM que conhecer: Bruna Portella – Cia Cortejo
fevereiro 28, 2016
Colaboradora – Talita Car Vidotto
fevereiro 29, 2016
Ver tudo

Colaboradora – Lia Mendes

Especialista em História Sociedade e Cultura pela PUC, estuda o feminismo, corpo e sexualidade e suas relações com as mídias audiovisuais.

Professora do ensino fundamental e médio da rede particular da cidade de São Paulo.

Alguns cursos feitos.

·         Arte, Gênero e Sociedade. Professora Doutora: Ana Paula Simioni.

·         Cinema e a Estética do Olhar. Professor Doutor: Mauro Luiz Peron.

·         História do Cinema através dos clássicos. Sergio Rizzo.

·         Mulheres Invisíveis. Professora Doutora: Carla Cristina Garcia.

·         Universal e o Local: Constelações Experimentais na História do Cinema Brasileiro. Professor Doutor: Rubens Machado.

·         Eisenstein transmidia. Professor Doutor: Adilson Mendes.

·         Pequena Introdução ao Estudo de Linguagem Cinematográfica com exemplos da História do Cinema.  Mestre Professor: Francisco Conte.

·         Linguagem e Crítica cinematográfica. Orientação: Pablo Villaça.

Textos:

A Mulher e o Contrato Social

Ser Feminista

Comparando os filmes Wanda e Alice

Alice não mora mais aqui

Wanda – Uma análise de filmes com ferramentas feministas

Representação e cinema: outras ferramentas de análises-pós-estruturalismo e pós-colonianismo

Cinema e representação – Teoria feminista do cinema

A violência nossa de cada dia

A exaltação do amor materno: um contexto histórico

Priscilla Leal
Priscilla Leal
Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso convidei mulheres de diversas áreas para escreverem para nós. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *