Artistas que você TEM que conhecer: projeto Nós, Madalenas

Mulheres escritoras
dezembro 2, 2015
Artistas que você TEM que conhecer: Rosana Paulino
dezembro 13, 2015
Ver tudo

Recebi este release lindo, feito pela jornalista Néliane Simioni, do projeto “Nós, Madalenas”, idealizado e realizado pela fotógrafa Maria Ribeiro.

madalenas

O projeto foi financiado por crowdfunding e a Maria falou sobre ele e sua trajetória aqui pra gente, em uma entrevista bem legal.

Agora o livro tá pronto! E será lançado, em São Paulo, no dia 10.12.2015, no Mezanino da loja de artes da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em SP, das 19h00 às 21h30.

Livro ‘Nós, Madalenas’ será lançado em dezembro

Projeto da fotógrafa Maria Ribeiro reúne imagens tocantes de mulheres que, com seus corpos e através da escolha de uma palavra, contam o que o feminismo representa para elas

O que o feminismo representa para você? Foi a partir desta pergunta que a fotógrafa Maria Ribeiro começou o projeto “Nós, Madalenas – Uma palavra pelo feminismo”, série de retratos em preto e branco e sem qualquer tipo de tratamento digital, onde mulheres escrevem em seus corpos o que a ideologia significa para elas.

Após reunir as primeiras imagens no Tumblr, o projeto – que questiona o padrão estético imposto pela sociedade – repercutiu nas redes sociais e não parou de crescer. Ao longo de quase dois anos, foram 100 registros de mulheres de todas as idades, cores, formas e contextos, agora reunidos no livro “Nós, Madalenas”, que será lançado em dezembro pela Fonte Editorial.

fotografia: Maria Ribeiro projeto "Nós Madalenas"

fotografia: Maria Ribeiro projeto “Nós Madalenas”

A ideia da publicação surgiu a partir das histórias contadas pelas fotografadas. “A partir desses encontros com mulheres incríveis e corajosas, veio a necessidade de compartilhar os sentimentos que estão por trás das fotos. Porque as imagens são lindas e fortes como elas”, diz Maria.

Além das 100 imagens capturadas, o livro “Nós, Madalenas” traz relatos das participantes, que falam de suas experiências e relações com palavras como descoberta, aceitação, resistência, utopia, periferia, coragem e muitas outras. “O livro contribui para que essas mulheres tenham voz. Para que elas compartilhem suas histórias, seus sentimentos e, assim, possam inspirar outras a se libertarem e se amarem”.

Para Maria Ribeiro, “Nós, Madalenas” também é um retrato da diversidade das facetas do movimento feminista em mulheres tão diversas em nossa sociedade, mostrando que o feminismo muda percepções, aumenta a autoestima, empodera e transforma vidas.

O lançamento do livro será no dia 10 de dezembro, no Mezanino da Loja de Artes da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, das 19h às 21h30. A abertura do evento contará com o debate “Padrões estéticos, feminismo e a relação da mulher com o próprio corpo”, com mediação de Jarid Arraes (Revista Fórum) e Vanessa Rodrigues (Casa de Lua). Participam: Djamila Ribeiro (Carta Capital), Joice Berth (Imprensa Feminista), Semayat Oliveria (Nós, Mulheres da Periferia) e Verinha Dias (Feminismo sem Demagogia).

Sobre Maria Ribeiro

Maria Ribeiro

Maria Ribeiro

Graduada em Audiovisual e especializada em direção de fotografia pela Academia Internacional de Cinema – SP, Maria Ribeiro atuou no mercado publicitário e optou por desenvolver um trabalho autoral na fotografia de mulheres. A partir de projeto “Nós, Madalenas – Uma palavra pelo feminismo” mostra seu olhar diante da diversidade, expressando através de suas fotos que as mulheres não precisam estar encaixadas no padrão estético imposto pela sociedade para serem belas e livres. Atualmente, se dedica exclusivamente a ensaios femininos e fotografa mulheres de contextos e corpos diferentes, para aumentar a autoestima feminina e promover a diversidade.

Eu estarei lá! Aliás…fui uma das fotografadas!!!

_MG_0162Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso trago no blog informações jurídicas, que estão envolvidas na atividade artística, além de informações de produção e gestão cultural. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

 

Priscilla Leal
Priscilla Leal
Sou atriz, advogada e gestora cultural. Reuni as três atividades neste espaço virtual, para criar um lugar de divulgação e compartilhamento de trabalho das mulheres artistas. Acredito na importância deste espaço para destacar essas mulheres e sua relação com a arte. Também acredito na profissionalização da(o) artista e da(o) produtor(a) cultural, por isso convidei mulheres de diversas áreas para escreverem para nós. Idealizei e executei o seminário “Mulheres Artistas na Ditadura”, na Caixa Cultural São Paulo, em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *